A IMPORTÂNCIA DO INGLÊS NO MERCADO DE TRABALHO

  • Posted by sport 16 set
  • 0 Comentários

A IMPORTÂNCIA DO INGLÊS NO MERCADO DE TRABALHO

Falar inglês não é mais opção no mercado de trabalho, e sim uma necessidade. A cada dia, cresce nas empresas a exigência do domínio do idioma na hora de selecionar candidatos. Ainda existem aqueles que já têm sua posição na empresa e que  também são pressionados a aprender um segundo idioma. Afinal, o inglês é a língua de maior influência no mundo, a língua da internet, da música mundial, do cinema, das mídias sociais, dos eventos internacionais.  Ela é usada em viagens, em negócios, sem falar nas palavras que se tornaram tão comuns e já fazem parte do nosso vocabulário, como jeans, internet, hot dog, light, happy hour, entre outras.


De acordo com um estudo realizado em 2014, 75% das empresas brasileiras consideram o uso do inglês muito útil no dia-a-dia e 37% das companhias brasileiras indicaram que o uso do inglês cresceu de forma “muito significativa” nos últimos 3 anos.  51% dos brasileiros perguntados acreditam que o uso do inglês nas comunicações internacionais crescerá nos próximos 3 anos. E 78% dos brasileiros entrevistados disseram desejar melhorar o próprio nível de inglês.

Apesar da importância do domínio de um segundo idioma, a maioria dos brasileiros não sabe falar inglês. Uma pesquisa sobre a fluência na língua inglesa revelou que em 2013 o Brasil ocupava o 38º lugar em uma lista de 60 países e estava na categoria de “proficiência baixa” em inglês. O país ficou atrás de países como Argentina, Uruguai e Costa Rica.

Como falar inglês é pré-requisito para trabalhar em muitas empresas, há uma grande busca por cursos de idiomas para atender essa exigência do mercado. Em restaurantes e lojas, por exemplo, ter o domínio da língua inglesa é um diferencial, que te coloca em destaque diante dos outros profissionais. Quanto mais cedo a pessoa começar a estudar inglês, melhor serão os resultados, mas os professores dizem que é possível aprender a língua e melhorar o currículo em qualquer idade.

Sabryna Teixeira, professora de inglês de um curso de idiomas, afirma que a maioria dos seus alunos procuram o curso por exigência do emprego ou em busca de melhores colocações no mercado de trabalho. “De um modo geral, hoje o jovem e o adulto entendem a necessidade de um segundo idioma no seu currículo e vão em busca de aprendê-lo. Até crianças e adolescentes já começam a estudar sabendo da importância da conclusão do curso para seu futuro profissional”, explica.

É importante que o candidato tenha realmente o conhecimento sobre a língua, e seja honesto quando informar sobre o nível, seja básico, intermediário, avançado ou fluente. Nunca diga que é fluente no idioma se você não for, pois isso pode atrapalhar na hora da contratação e na sua carreira. Se você ainda não domina a língua inglesa, talvez seja a hora e a oportunidade de correr atrás do prejuízo.

Fonte: TrabalhoJá
Jader Colombino

Post Comments 0